Artigo genérico

06/04/2015

Perigo: alimentos venenosos para cães e gatos (II)

 Perigo: alimentos venenosos para cães e gatos (II)

Na última publicação, explicamos a importância de evitar que os cães e gatos consumam alguns tipos de alimentos que, em muitas ocasiões, são a causa dos atendimentos que estamos a realizar na nossa clínica veterinária em Almada. Mesmo que, aparentemente alguns tipos de comida pareçam totalmente inofensivos, podem esconder um grande perigo para o seu animal.

O seu gato convive com um cão? Se esse for o caso, tenha muito cuidado para que o bichano não coma a ração do seu companheiro. Para além de não contar com todos os nutrientes necessários para garantir uma boa saúde dos gatos, a comida para cães pode provocar problemas de reprodução, cegueira ou inclusive a morte por ataque cardíaco. Por esse motivo, o melhor é dar-lhe unicamente a ração desenvolvida especialmente para ele.

Pela nossa experiência, na Clínica Veterinária Vetalmada sabemos que os cães e gatos sentem especialmente atraídos pelos alimentos gordos. As altas concentrações calóricas de queijos, molhos e manteiga, por exemplo, provocam a obesidade nesses animais e podem levar aos ataques de vómitos e diarreias ou ao deterioro do pâncreas.

O xilitol é um popular adoçante encontrado numa grande variedade de produtos "sem açúcar" como pastilhas elásticas, bolos, gomas, pastas de dentes, etc. Quando ingerido pelos animais, essa substância pode aumentar a liberação da insulina e a consequente diminuição dos níveis de açúcar. Pode provocar vómitos, letargia, convulsões, insuficiência hepática ou dificuldade para andar.

Na nossa clínica veterinária em Almada também aconselhamos evitar outros tipos de alimentos como amendoim, massa de bolos e pão, cogumelos, abacate, cebolinho, alho e cebola, álcool e tabaco, entre outros. Para oferecer a alimentação adequada e o melhor cuidado ao seu animal de estimação, conte sempre com o assessoramento de profissionais especializados.