Curiosidades - Evitar emergências


Reduza o risco de emergências nos seus animais tomando as seguintes precauções:

• Treino de obediência, controle os exercícios para o seu cão:

    - Um cão bem treinado está menos propenso a acidentes. Estes animais têm mais controle sobre os seus actos e são mais calmos e obedientes, evitando assim acidentes sérios e perigosos.


• Evite que ele contacte com o lixo:

    - Proteja o caixote do lixo da sua casa com tampas ou feche os sacos. Os cães gostam muito de revirar o lixo e por vezes as consequências são dramáticas.


• Visite o seu Médico Veterinário com regularidade:

    - A prevenção ou o diagnóstico precoce de problemas de saúde é a melhor maneira de manter o seu animal saudável.

    - A vacinação anual, além de obrigatória por lei (Vacinação Anti-Rábica), assegura que o seu cão não apanhe doenças que podem ser fatais.


• Controle parasitas internos e externos:

    - Os parasitas são causadores de doenças. Desparasite o seu cão internamente várias vezes ao ano e externamente uma vez por mês.


• Esterilize os seus animais:

    - A esterilização é a única forma de prevenir inúmeras doenças (tumores de mama e infecções de útero na fêmea e tumores testiculares e da próstata no macho).

    - A probabilidade de cães esterilizados brigarem com outros cães é muito mais reduzida do que nos cães inteiros.


• Cuide da limpeza da pele, pêlo, dentes, gengivas, unhas e glândulas anais:

    - Um animal bem cuidado, tem menos probabilidade de ter problemas, doenças e consequentemente emergências do que um mal cuidado.


• Evite situações domésticas perigosas:

    - Mantenha todos os produtos químicos, de limpeza, medicamentos, fios eléctricos e plantas perigosas de sua casa fora do alcance do seu cão.


• Evite os perigos na rua:

    - Nunca deixe o seu cão no carro num dia quente.

    - Não permita que ele ande com a cabeça fora da janela do carro.

    - Não ande com ele sem trela.

    - Não o deixe comer nada do chão.

    - Ande sempre com um bebedouro e dê-lhe várias vezes água.

    - Tenha atenção ao contacto com outros cães.

    - Tenha atenção ao contacto com crianças.


• Evite que o seu cão passeie em sítios que não conhece:

    - Uma das maiores causas de emergências em cães são os envenenamentos, assim tenha sempre em conta quais os locais nos quais ele poderá passear sem perigo. Os raticidas e os venenos para matar as ervas daninhas e as pragas (como os caracóis) podem ser fatais.